A Revista Time preparou, pela primeira vez, a lista das 100 empresas mais influentes do mundo, dividindo a lista em 5 categorias: Pioneiras, Líderes, Inovadoras, Titãs e Disruptivas.

Pioneiras – O destaque foi a Beyond Meat
A crescente preocupação com os animais e as mudanças climáticas ajudaram a tornar a Beyond Meat uma das empresas de alimentos de crescimento mais rápido nos EUA. Suas proteínas à base de plantas ganham cada vez mais espaço. Recentemente, a empresa assinou um contrato de três anos para se tornar o fornecedor preferencial da linha McPlant no McDonald's.

Lideres – O destaque foi o Nubank
A empresa veio para revolucionar um sistema bancário tão criticado por um atendimento ao cliente ruim, toda a burocracia e taxas tão altas. Hoje, considerada a maior fintech da América Latina, está ajudando milhares de pessoas eliminando todas essas barreiras, oferecendo uma variedade de serviços financeiros por meio de seu app.
Desde o início da pandemia, a base de clientes do Nubank no Brasil mais do que dobrou para 35 milhões.
Apple, Pfizer e Johnson & Johnson também entraram na categoria líderes.

Inovadoras – O destaque ficou com a Netflix
Assistir a filmes e séries pela primeira vez na Netflix se tornou regra e não exceção. Culpe a pandemia ou não, mas o sucesso do canal de streaming, que conta com 203 milhões de assinantes, forçou os estúdios mais poderosos, de Disney à Warner Bros., a lançar suas próprias ofertas em casa. A Netflix investiu cerca de US$ 17 bilhões em conteúdo em 2020, em comparação com US$ 7 bilhões da Amazon e Us$ 1,75 bilhão do Disney+.
Lego, Zoom, Spotify e Adidas também foram colocadas nessa categoria.

Titãs – Mais uma vez o destaque ficou com a Disney
Os números impressionantes do Disney+ contaram muito para isso. Com o serviço de streaming, a Disney traduziu suas grandes franquias como Marvel e Star Wars para a tela pequena, ultrapassando 100 milhões de assinantes em menos de 18 meses. E o plano é conquistar 350 milhões de assinantes globais até 2024.
Facebook, Google, Walmart e Amazon também acompanharam a Disney na categoria Titãs.

Disruptivas – O destaque ficou com o Clubhouse
Desde sua estreia em abril de 2020, o app atraiu mais de 10 milhões de usuários ativos semanais, incluindo Elon Musk e Oprah.
Nessa categoria também se inclui Tesla e AirBnB.