A startup chilena NotCo, que tem entre seus investidores Jeff Bezos, marcou um golaço no jogo do mercado de alimentos à base de plantas. Seu algoritmo proprietário de Inteligência Artificial, conhecido como Giuseppe, teve o pedido de patente concedido nos Estados Unidos. A NotCo, que oferece produtos vegetais substitutos de laticínios, ovos e carne, passa a ser a primeira empresa do mercado a patentear um algoritmo de machine learning para fazer produtos à base de plantas que são iguais ou melhores que os produtos animais. E, com a patente, pode abrir mais fontes de receita do que apenas com seus produtos.

O algoritmo analisa e compara propriedades moleculares dos alimentos e de ingredientes vegetais, combina essas informações e sugere uma nova receita para produzir, usando apenas plantas, alimentos como leite, hambúrguer, maionese e sorvete, que preservam sabor, textura e valor nutricional praticamente idênticos aos alimentos de origem animal.

Um relatório divulgado esta semana pelo Good Food Institute (GFI) aponta que os investimentos em empresas do mercado plant-based foram de US$ 3,1 bilhões no ano passado, o triplo de 2019. Dois terços desse valor foram investidos em empresas que oferecem alternativas vegetais para ovos, laticínios e carne animal. No final de 2020, uma pesquisa do GFI feita entre brasileiros mostrou que metade do país reduziu o consumo de proteína animal em 2020.

Lígia Zotini / Voicers