Boa noite amigos! Compartilho com vocês este artigo do prof. Stefhen Kanitz intitulado: O Poder Mudando De Mãos

Essa súbita polarização na política na realidade é simplesmente um fim de ciclo. O poder reinante nesse país nos últimos 25 anos está sucumbindo, lutando com todos os seus meios para impedir o inevitável.

Quem está perdendo são as indústrias, os sindicatos, as grandes cidades, cada vez mais falidos e subsidiados. Quem está crescendo e ganhando é a Agricultura que, por si só, já representa 25 % do PIB, contra 10% de anos atrás. E junto com a mineração, indústrias de tratores, seguradoras e transportadoras, passam a ser 40% do PIB.

Ter 40% do PIB significa dinheiro, crescimento, poupança, prosperidade, crescente poder político. Foi sempre a agricultura que gerou exportações e superávit no câmbio.

A Indústria sempre foi muito mais forte do que a Agricultura, mas agora ela definha, não apresenta lucros, não tem mais poder financeiro. Foi esse total descaso pela nossa Agricultura que resultou no enorme êxodo rural, que acabou gerando pobreza e as favelas nas grandes cidades, empobrecendo nosso país.

A atual crise política, no fundo, é a crise das indústrias, das famílias ricas, da imprensa, dos intelectuais das grandes cidades.

Com o crescimento do campo, haverá uma fuga das grandes cidades, e o sucesso das Cidades Pequenas só irá crescer, com um constante crescimento do “Comunitarismo das Pequenas Cidades” Teremos um Brasil mais humano e administrável, em detrimento das grandes cidades frias, solitárias, sem compaixão.