Concordo plenamente com essa análise. E você, bota fé no potencial criativo natural das crianças? https://engenhariae.com.br/editorial/engenharia-em-pauta/mais-um-pouco-de-criancice-para-o-bem-de-nossa-criatividade