O ser humano não é um “banco de dados”, é um “Banco de Sentimentos”… ADOREI!!!