"Os humanos são a verdadeira “máquina que impulsiona a IA, opina Ingrid Verschuren, head de Data Strategy da Dow Jones. Soa estranho? Nem tanto. Hoje, humanos ainda são responsáveis por escolher os dados usados para treinar os algoritmos e especificar os resultados que desejam que a IA alcance. “Temos inteligência artificial e experiência humana ao nosso dispor e, quando os colocamos juntos, chamamos essa combinação de inteligência autêntica, na qual ambas as partes são igualmente importantes.