PARA PENSARMOS:- A crise econômica do Covid-19 tende a acelerar o processo de descentralização (tanto econômica quanto demográfica) no Brasil. Visando a recuperação econômica, espera-se importantes investimentos em infraestrutura (rodovias, ferrovias, portos, aeroportos, saneamento, etc.), o que é muito positivo, principalmente se considerarmos que infraestrutura, além de ter alto potencial de atratividade de investimentos, os realiza de maneira pulverizada geograficamente, ou seja, construindo verdadeiros corredores de desenvolvimento ao longo de todas as regiões por onde os empreendimentos passam, e essa característica é uma excelente oportunidade de desenvolvimento para as pequenas e médias cidades, porém, para que esse potencial de desenvolvimento seja maximizado, é importante que estas cidades tenham conhecimento e se alinhem aos investimentos que estão por vir.