Temos um verdadeiro "celeiro" de gênios, basta valorizarmos.